O termo latino Sapere Aude - Ouse Saber - traduz a essência de todo conteúdo deste blogger. Nosso desejo, aqui, é ajudá-lo a mergulhar em ideias que produzam um bem estar de prazer nesse imensurável mar de conhecimento. Logo, contribuiremos da melhor maneira possível para que indivíduos sejam “libertados das suas cadeias e curados da sua ignorância” – como imaginava Sócrates. Portanto, saia da caverna, AGORA, e aproveite o máximo que puder. Um abraço...

FlashVortex.com

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Diário de um Adolescente - Um filme de Scott Kalvert



Baseado na história - The Basketball Diaries (1978) - autobiografada por James Dennis Carroll (1949-2009), músico, poeta e punk, o filme, O Diário de Um Adolescente (1995) (The Basketball Diaries), do diretor Scott Kalvert trás em seu elenco principal: James Madio (Pedro), Patrick McGaw (Neutron), Mark Wahlberg (Mickey) e, por último, Leonardo DiCaprio (Jim Carroll). O filme conta a história de Jim Carrol, um adolescente e excelente jogador de basquete, que passa perigosamente a se envolver no universo das drogas. O filme já começa mostrando o lado obscuro da rígida educação religiosa e as técnicas violentas para reprimir os jovens da escola. Há uma cena inicial em que Jim se encontra em uma posição
constragedora diante de toda a sala. Ele é submetido a violetas pancadas em suas nádegas pelo religioso que acreditava está "educando". Jim e seus amigos, a saber: Pedro, Mickey e Neutron estudavam na mesma escola e juntos participavam da equipe principal de basquete. O futuro do grupo parecia ser bastante promissor se a droga não tivesse entrando em seus caminhos. Todos, movidos por uma falsa sensação de liberdade, partem para a pratica de delitos e experiências das mais bizarras. O roubo, a venda do corpo e o tráfico passaram a ser
regras de conduta para alimentar o vício do grupo. E não demora muito para que Jim e seus amigos fossem expulsos da escola e, logo, perceberem, mesmo que  de maneira fragmentada, seus sonhos correrem por água abaixo. Mas, o que parecia ser um despertar reflexivo diante da perda, o que se viu foi um mergulho, ainda, mais profundo no universo caótico 
dos intorpecentes. Jim vai ficando cada vez mais irreconhecível pelo uso abusivo do tóxico. A sua relação com os seus amigos e, principalmente, com sua mãe vai se tornado uma carga de angústia e dor. O ponto mais alto do filme está, justamente, na relação deteriorada dele com sua mãe (Lorraine Bracco) que não mais o suporta tendo que proibi-lo de retorna a casa. O filme, Diário de Um Adolescente, mostra os picos que a droga pode nos levar e, também, a queda que ele nos proporciona. A perda da identidade, do caráter, do bom-senso, do respeito e da família é só o começo das inúmeras frustrações que a droga nos conduz. No entanto, há uma ideia latente no longa de que tudo pode ser cambiado desde que se queira buscar uma saída, ou seja, há esperança. Portanto, espero que gostem e até a nossa próxima postagem.

Diário de Um Adolescente (1995)
Filme Completo


10 comentários:

  1. Grande Maxwell, como vai? Tudo bem?
    Assisti esse filme ainda nos anos 90, e se não estiver enganado, na escola.
    Confesso que não sou muito fã desse estilo de filme mas para a petizada é uma ótima lição...

    Parabéns pelo ótimo Post.

    Abração

    ResponderExcluir
  2. Olá Maxwell,saudade daqui,saudade de você...
    Como sempre,uma sinopse impecável.
    Já assisti e gostei.Gostei também da sua definição about Caroll: músico, poeta e punk.:)

    Estive fora do país e amanhã volto a viajar,mas,dessa vez será por aqui e por 2 dias.

    Voltarei para "assistir" aos outros "filmes"que perdi.Saio amanhã cedo.
    Um grande abraço e tudo de bom.
    Boa noite!!

    ResponderExcluir
  3. Meu filho tinha 12 anos quando assistiu e ficou muito impressionado , até recomendou na escola, este filme fez toda a diferença na vida dele com relação as drogas, talvez por isso amo este filme e sua mensagem de alerta aos jovens.
    Luz
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Olá, Jefferson. Mais uma vez, irmão, obrigado pela sua visita. É sempre um prazer tê-lo neste espaço. Obrigado pelas palavras. Um abraço....
    *********************************
    Oi, Lau. Fico muito feliz que tenhas gostado. Obrigado por suas visitas,aqui. Você sempre gentil. E outra coisa: cuidado o trânsito. Um abraço...
    *********************************
    É um excelente filme para adolescente vê, Ana. O filme é muito forte. Vale a pena. Um abraço...

    ResponderExcluir
  5. Leonardo Dicaprio novinho nesse filme "forte!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Max querido!

    Ah, assisti esse filme na escola... na época a intenção do professor era mostrar essa problematica que é o uso de drogas.
    Foi o primeiro filme que assisti com o Leonardo Di Caprio. [ As meninas da sala se apaixonaram, minha "paixonote" por ele só veio com o Titanic, mas foi tão passageiro...)

    Bom, gostei bastante do filme. As cenas são forte... é incrível como esse caminho [drogas] pode levar a perda de identidade das pessoas isso foi o que mais me chamou atenção nesse filme. Têm cenas marcantes e mostra uma realidade triste e ao mesmo tempo é bom fazermos uma reflexão...

    Um abraço!! :)

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito do filme: o início do sucesso de Leonardo DiCaprio e acima de tudo um belo exemplo do que as drogas podem fazer um adolescente promissor. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Adoro esse filme, que preciso rever.

    Sou fã do maior clássico desse estilo: Eu, Christine F. - drogada e prostituída.


    Vida como ela é no cinema.

    Valeu pela força.

    ResponderExcluir
  9. Ola passei para desejar um ótimo fim de semana e deixar o meu abraço.SU.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Marcelo. Ele sempre atua bem. Um grande ator. Obrigado pela visita.
    *******************************
    Oi, Rô. É um filme muito denso, né. Vi vê-lo,agora, depois de grande. Nunca é tarde, né. Um abraço...
    ********************************
    É um grande filme. Também vejo assim, Gilberto. Um abraço...
    ********************************
    Esse, ainda, não vi, Renato. Valeu a dica. Um abraço....
    ********************************
    Oh, Suzane. Você sempre muito gentil. Obrigado...

    ResponderExcluir

Fugitivos da caverna comentam, aqui: